Conceitos digitais inovadores para desenvolver seu negócio na internet!

Blog

Dicas para os e-commerces venderem mais no Dia das Mães

.:: Dicas para os e-commerces venderem mais no Dia das Mães ::.
07/05/2018

O Dia das Mães é a segunda data mais importante do calendário brasileiro para o varejo eletrônico. As vendas chegaram a R$ 1,9 bilhão em 2017, um aumento de 16% em comparação ao ano anterior. Para este ano, a expectativa segue otimista, mantendo o ritmo de crescimento.

Em um setor cada vez mais competitivo, onde as pessoas podem comprar pelo computador, tablet e celular, os e-commerces precisam ficar atentos para não perder clientes e, consequentemente, vendas. Aqui vamos dar dicas que vão ajudar o varejo eletrônico a aproveitar o bom momento de vendas por conta da data comemorativa além de reter e fidelizar clientes por meio da conversão.

1. Conheça bem o seu público

Direcione os esforços para as pessoas certas. É preciso entender o seu mercado para não atrair visitantes que não convertem, pois assim acaba desperdiçando recursos sem ter retorno. Conheça os seus clientes para criar estratégias mais efetivas.

2. Use a influência social

A influência social tem um papel importante na taxa de conversão. Você pode aproveitar esse recurso ao divulgar nas redes sociais e coletar avaliações sobre os seus produtos. Com base nas opiniões de outros consumidores, os clientes tendem a se sentir mais seguros para comprar na loja.

3. Aposte no e-mail marketing

O e-mail marketing é uma forma de relacionamento com os clientes que ajuda a estreitar laços e gerar mais confiança. Por meio da segmentação da base de contatos, você pode enviar conteúdos, ofertas e novidades que cada pessoa gostaria de receber. Assim, as conversões têm mais chances de acontecer.

4. Pense na arquitetura do site

A dificuldade de navegar pelo e-commerce é um entrave para as conversões. Por isso, pense em uma arquitetura clara e intuitiva para o site, que tenha uma hierarquia coerente entre categorias e subcategorias de produtos. Assim, fica mais fácil para o usuário encontrar o que deseja e finalizar a compra sem problemas.

5. Analise o processo de checkout

No checkout, o usuário adiciona o produto no carrinho, insere os dados pessoais e realiza o pagamento. Esta etapa é determinante para a taxa de conversão, pois o usuário já está decidido a comprar — a não ser que algo atrapalhe. Portanto, analise o processo de checkout e identifique pontos de fuga que podem ser revistos e otimizados.

6. Tenha um site responsivo

Cada vez mais as pessoas utilizam o celular em todo o processo de compra, desde a pesquisa inicial até a finalização do pagamento. Por isso, o e-commerce deve funcionar perfeitamente também em dispositivos móveis. Então, dedique-se à construção de um site responsivo, não só no layout, mas também na navegação.

7. Invista em recomendação e personalização

Poucos e-commerces sabem usar, mas eles podem aumentar muito as vendas com a recomendação e personalização de produtos. Impactar o cliente com sugestões que têm tudo a ver com os seus interesses, com o seu histórico de navegação e com a sua jornada, tem muito mais chances de gerar uma conversão e, ainda, fidelizá-lo. Para isso, é preciso investir em uma ferramenta que automatize as recomendações e torne o processo escalável, para compreender padrões de comportamento entre milhares de usuários e entregar as ofertas mais relevantes para cada consumidor.

 

  • Voltar